Um pouquim da net
O início da era da eletrônica


Alguns pontos da história da informática e da Internet

  • O início da era da eletrônica
    Ocorreu em: 1.890 (aproximadamente)

——————————————————————————————————————————-

No final do século XIX, já existiam equipamentos totalmente mecânicos que podemos chamar de “computadores”. Eles realizavam cálculos por meio de um sistema de alavancas e engrenagens, e eram acionados por algum sistema mecânico, como uma manivela, como nas caixas registradoras então usadas nas lojas comerciais.

Nessa época surgiu o relê, um interruptor eletromecânico em que, quando a corrente elétrica percorre as espiras da bobina, esta cria um campo magnético que atrai a alavanca responsável por fechar ou abrir o circuito. ou seja, é um magneto móvel, que se desloca unindo dois contatos metálicos, permitindo ou impedindo a passagem da corrente elétrica.


Relay principle                          horizontal.jpg

Relay principle horizontal

AutomotiveRelay.jpg
AutomotiveRelay


Entretanto, era grande demais, relativamente caro e muito lentos, pois um relê demora mais de um milésimo de segundo para fechar um circuito. Mesmo asssim, o relê foi muito usado no sistema telefônico, sendo que algumas centrais analógicas ainda utilizam estes dispositivos até hoje.


O início dos anos 1.900 marca o começo da Era da Eletrônica, com a invenção da válvula, que foi usada em vários aparelhos elétricos, como os amplificadores de som, as primeiras televisões e os computadores.

A vávula é um amplificador de sinal elétrico e diferentes pessoas estão relacionadas com sua invenção: em 1904, o físico inglês John Ambrose Fleming inventou a válvula diodo, que retificava a onda e entregava a informação de volta. Logo, em 1906, Lee De Forest criou a válvula triodo, que amplificava a informação, gerando o som novamente e em volume suficiente para ser utilizado em equipamentos.



Válvula


As válvulas foram muito usadas em rádios, em televisões e em computadores. Mas esquentavam demais, consumiam muita eletricidade e se queimavam com facilidade. Assim, na construção de um computador, que usava milhares delas, seu uso gerava muitos problemas e tornava o equipamento extremamente caro.

Em 23 de dezembro de 1947, na “Bell Laboratories" em Nova Jersey, William Bradford Shockley (1910-1989), Walter Houser Brattain (1902-1987) e John Bardeen (1908-1991) testaram o primeiro transístor, que foi chamado de “point-contact transistor”, iniciando a revolução dos semicondutores.



How Does a Transistor Work?
http://www.youtube.com/watch?v=IcrBqCFLHIY  


O transistor é um pequeno grão de material semicondutor cujas propriedades eletrocondutoras foram alteradas mediante a adição de impurezas, ao qual são ligados três ou mais terminais.

A função de um transistor é a mesma de uma válvula. Mas é bilhões de vezes menor e consume muito menos potência. Assim, a sua função é amplificar e interromper os sinais elétricos, pois, como é composto por um material semicondutor, como o germânio e o silício, pode tanto conduzir quanto isolar a corrente elétrica, não se aquecendo ou quebrando, como as vávulas, além de ser fisicamente muito menor.

Atualmente  pode ser produzido em grandes quantidades usando técnicas simples, sob preços baixos. É importante lembrar que antes do transístor, só havia computadores gigantescos, caríssimos e secretos, em projetos das Forças Armadas, que necessitavam de muitos operadores.

Portanto, o transístor revolucionou a eletrônica profundamente, pois, sem possuir partes móveis,

  • ocasionou uma grande redução no tamanho da máquina, tornando possíveis equipamentos cada vez menores e
  • gera pouco calor, com muito menor consumo de energia.

Assim sendo, o transistor substituiu as válvulas e iniciou a era da miniaturização da eletrônica, sendo utilizado em praticamente todas as áreas da ciência e da tecnologia, como os computadores, a exploração espacial, as telecomunicações, a aviação, a eletrônica de consumo, etc.

O primeiro transístor media cerca de 1,5 centímetro, era montado sobre suportes de plástico e não era feito de silício, mas de germânio e ouro. 

Hoje, os transístores fabricados em escala industrial medem 45 nanômetros, sendo mais de 330.000 vezes menores que o primeiro. Em laboratório, cientistas já conseguiram fabricar transístores moleculares, centenas de vezes ainda menores.

Em 1950 os Laboratórios Bell construíram o primeiro computador transistorizado, denominado “Leprechaun”., que não foi comercializado. As vendas dessa nova geração de computadores só aconteceram no final da década de 50, pela empresa Sperry Univac, retardando o reconhecimento dessa importante inovação. A IBM, por exemplo, só em 1960 lançou seus primeiros modelos transistorizados de computadores.

Curiosamente, o termo “transístor” não foi cunhado por seus criadores, mas por outro engenheiro da “Bell Laboratories”, J. R. Pierce, e provém de “transfer resistor”, ou seja, resistor de transferência. Em 1956 os desenvolvedores Shockley, Brattain e Bardeen ganharam o prêmio Nobel de Física.

————————————————————————————————————————————-

Deseja ver outros pontos da história da informática e da Internet?

Evento anterior: Tabulador de dados em cartões perfurados - http://faconti.tumblr.com/post/97714553628

Evento seguinte: Teoria da Computabilidade - http://faconti.tumblr.com/post/97750712998

Ou

Clique em Sumário - Depois, escolha e clique no assunto desejado.

-

Texto original: http://www.ufpa.br/dicas/net1/int-h180.htm#rele1 - http://www.ufpa.br/dicas/net1/int-h190.htm#valvu1  e http://www.ufpa.br/dicas/net1/int-h194.htm#transis

-

image

Fátima Conti - fconti at gmail.com 
@faconti ( Identi.ca e Twitter ) - Fa Conti ( DiasporaBR, G+ e FB )

-

Última atualização: 19/09/2014

-

19/set./2014
Um pouquim da net
O início da era da eletrônica


Alguns pontos da história da informática e da Internet

  • O início da era da eletrônica
    Ocorreu em: 1.890 (aproximadamente)

——————————————————————————————————————————-

No final do século XIX, já existiam equipamentos totalmente mecânicos que podemos chamar de “computadores”. Eles realizavam cálculos por meio de um sistema de alavancas e engrenagens, e eram acionados por algum sistema mecânico, como uma manivela, como nas caixas registradoras então usadas nas lojas comerciais.

Nessa época surgiu o relê, um interruptor eletromecânico em que, quando a corrente elétrica percorre as espiras da bobina, esta cria um campo magnético que atrai a alavanca responsável por fechar ou abrir o circuito. ou seja, é um magneto móvel, que se desloca unindo dois contatos metálicos, permitindo ou impedindo a passagem da corrente elétrica.


Entretanto, era grande demais, relativamente caro e muito lentos, pois um relê demora mais de um milésimo de segundo para fechar um circuito. Mesmo asssim, o relê foi muito usado no sistema telefônico, sendo que algumas centrais analógicas ainda utilizam estes dispositivos até hoje.


O início dos anos 1.900 marca o começo da Era da Eletrônica, com a invenção da válvula, que foi usada em vários aparelhos elétricos, como os amplificadores de som, as primeiras televisões e os computadores.

A vávula é um amplificador de sinal elétrico e diferentes pessoas estão relacionadas com sua invenção: em 1904, o físico inglês John Ambrose Fleming inventou a válvula diodo, que retificava a onda e entregava a informação de volta. Logo, em 1906, Lee De Forest criou a válvula triodo, que amplificava a informação, gerando o som novamente e em volume suficiente para ser utilizado em equipamentos.


As válvulas foram muito usadas em rádios, em televisões e em computadores. Mas esquentavam demais, consumiam muita eletricidade e se queimavam com facilidade. Assim, na construção de um computador, que usava milhares delas, seu uso gerava muitos problemas e tornava o equipamento extremamente caro.

Em 23 de dezembro de 1947, na “Bell Laboratories" em Nova Jersey, William Bradford Shockley (1910-1989), Walter Houser Brattain (1902-1987) e John Bardeen (1908-1991) testaram o primeiro transístor, que foi chamado de “point-contact transistor”, iniciando a revolução dos semicondutores.



How Does a Transistor Work?
http://www.youtube.com/watch?v=IcrBqCFLHIY  


O transistor é um pequeno grão de material semicondutor cujas propriedades eletrocondutoras foram alteradas mediante a adição de impurezas, ao qual são ligados três ou mais terminais.

A função de um transistor é a mesma de uma válvula. Mas é bilhões de vezes menor e consume muito menos potência. Assim, a sua função é amplificar e interromper os sinais elétricos, pois, como é composto por um material semicondutor, como o germânio e o silício, pode tanto conduzir quanto isolar a corrente elétrica, não se aquecendo ou quebrando, como as vávulas, além de ser fisicamente muito menor.

Atualmente  pode ser produzido em grandes quantidades usando técnicas simples, sob preços baixos. É importante lembrar que antes do transístor, só havia computadores gigantescos, caríssimos e secretos, em projetos das Forças Armadas, que necessitavam de muitos operadores.

Portanto, o transístor revolucionou a eletrônica profundamente, pois, sem possuir partes móveis,

  • ocasionou uma grande redução no tamanho da máquina, tornando possíveis equipamentos cada vez menores e
  • gera pouco calor, com muito menor consumo de energia.

Assim sendo, o transistor substituiu as válvulas e iniciou a era da miniaturização da eletrônica, sendo utilizado em praticamente todas as áreas da ciência e da tecnologia, como os computadores, a exploração espacial, as telecomunicações, a aviação, a eletrônica de consumo, etc.

O primeiro transístor media cerca de 1,5 centímetro, era montado sobre suportes de plástico e não era feito de silício, mas de germânio e ouro. 

Hoje, os transístores fabricados em escala industrial medem 45 nanômetros, sendo mais de 330.000 vezes menores que o primeiro. Em laboratório, cientistas já conseguiram fabricar transístores moleculares, centenas de vezes ainda menores.

Em 1950 os Laboratórios Bell construíram o primeiro computador transistorizado, denominado “Leprechaun”., que não foi comercializado. As vendas dessa nova geração de computadores só aconteceram no final da década de 50, pela empresa Sperry Univac, retardando o reconhecimento dessa importante inovação. A IBM, por exemplo, só em 1960 lançou seus primeiros modelos transistorizados de computadores.

Curiosamente, o termo “transístor” não foi cunhado por seus criadores, mas por outro engenheiro da “Bell Laboratories”, J. R. Pierce, e provém de “transfer resistor”, ou seja, resistor de transferência. Em 1956 os desenvolvedores Shockley, Brattain e Bardeen ganharam o prêmio Nobel de Física.

————————————————————————————————————————————-

Deseja ver outros pontos da história da informática e da Internet?

Evento anterior: Tabulador de dados em cartões perfurados - http://faconti.tumblr.com/post/97714553628

Evento seguinte: Teoria da Computabilidade - http://faconti.tumblr.com/post/97750712998

Ou

Clique em Sumário - Depois, escolha e clique no assunto desejado.

-

Texto original: http://www.ufpa.br/dicas/net1/int-h180.htm#rele1 - http://www.ufpa.br/dicas/net1/int-h190.htm#valvu1  e http://www.ufpa.br/dicas/net1/int-h194.htm#transis

-

image

Fátima Conti - fconti at gmail.com 
@faconti ( Identi.ca e Twitter ) - Fa Conti ( DiasporaBR, G+ e FB )

-

Última atualização: 19/09/2014

-

19/set./2014