Um pouquim da net
Onde jornalistas foram mortos entre 2004 e 2014?
Se entendermos jornalistas como "pessoas que cobrem notícias ou comentários sobre assuntos públicos por meio de qualquer mídia - inclusive na imprensa, fotos, rádio, televisão e on-line" percebemos que falamos de jornalistas profissionais, repórteres, freelancers, blogueiros e cidadãos jornalistas. O “Committee to Protect Journalists" (CPJ)  tem documentado todas as mortes relacionadas com o trabalho de um membro da mídia desde 1992, mas no gráfico foram plotadas apenas informações sobre os mortos na última década em todo o mundo.Percebe-se que cerca de 619 jornalistas morreram desde 2004. A maioria eram repórteres locais.
O tipo de assunto coberto pela maioria dos mortos foi “Política”. Outros assuntos, em ordem de importância, foram: “Guerra”, “Direitos Humanos”, “Corrupção”, “Crime”, “Cultura”, “Esportes” e “Negócios”.
-
Mais informação: This graphic shows everywhere journalists have been killed since 2004 http://www.globalpost.com/dispatch/news/war/conflict-zones/140826/chart-journalists-killed-since-2004
-
Fonte do infográfico: newsweek: 

This graphic shows everywhere journalists have been killed since 2004 | GlobalPost Approximately 619 journalists have died since 2004. Most were local reporters.

-


Onde jornalistas foram mortos entre 2004 e 2014?


Se entendermos jornalistas como
"pessoas que cobrem notícias ou comentários sobre assuntos públicos por meio de qualquer mídia - inclusive na imprensa, fotos, rádio, televisão e on-line"
percebemos que falamos de jornalistas profissionais, repórteres, freelancers, blogueiros e cidadãos jornalistas.

O “Committee to Protect Journalists" (CPJ)  tem documentado todas as mortes relacionadas com o trabalho de um membro da mídia desde 1992, mas no gráfico foram plotadas apenas informações sobre os mortos na última década em todo o mundo.

Percebe-se que cerca de 619 jornalistas morreram desde 2004. A maioria eram repórteres locais.

O tipo de assunto coberto pela maioria dos mortos foi “Política”.
Outros assuntos, em ordem de importância, foram: “Guerra”, “Direitos Humanos”, “Corrupção”, “Crime”, “Cultura”, “Esportes” e “Negócios”.

-

Mais informação:

This graphic shows everywhere journalists have been killed since 2004 
http://www.globalpost.com/dispatch/news/war/conflict-zones/140826/chart-journalists-killed-since-2004

-

Fonte do infográfico: newsweek:

This graphic shows everywhere journalists have been killed since 2004 | GlobalPost
Approximately 619 journalists have died since 2004. Most were local reporters.

-

31/ago./2014
Um pouquim da net
Onde jornalistas foram mortos entre 2004 e 2014?
Se entendermos jornalistas como "pessoas que cobrem notícias ou comentários sobre assuntos públicos por meio de qualquer mídia - inclusive na imprensa, fotos, rádio, televisão e on-line" percebemos que falamos de jornalistas profissionais, repórteres, freelancers, blogueiros e cidadãos jornalistas. O “Committee to Protect Journalists" (CPJ)  tem documentado todas as mortes relacionadas com o trabalho de um membro da mídia desde 1992, mas no gráfico foram plotadas apenas informações sobre os mortos na última década em todo o mundo.Percebe-se que cerca de 619 jornalistas morreram desde 2004. A maioria eram repórteres locais.
O tipo de assunto coberto pela maioria dos mortos foi “Política”. Outros assuntos, em ordem de importância, foram: “Guerra”, “Direitos Humanos”, “Corrupção”, “Crime”, “Cultura”, “Esportes” e “Negócios”.
-
Mais informação: This graphic shows everywhere journalists have been killed since 2004 http://www.globalpost.com/dispatch/news/war/conflict-zones/140826/chart-journalists-killed-since-2004
-
Fonte do infográfico: newsweek: 

This graphic shows everywhere journalists have been killed since 2004 | GlobalPost Approximately 619 journalists have died since 2004. Most were local reporters.

-


Onde jornalistas foram mortos entre 2004 e 2014?


Se entendermos jornalistas como
"pessoas que cobrem notícias ou comentários sobre assuntos públicos por meio de qualquer mídia - inclusive na imprensa, fotos, rádio, televisão e on-line"
percebemos que falamos de jornalistas profissionais, repórteres, freelancers, blogueiros e cidadãos jornalistas.

O “Committee to Protect Journalists" (CPJ)  tem documentado todas as mortes relacionadas com o trabalho de um membro da mídia desde 1992, mas no gráfico foram plotadas apenas informações sobre os mortos na última década em todo o mundo.

Percebe-se que cerca de 619 jornalistas morreram desde 2004. A maioria eram repórteres locais.

O tipo de assunto coberto pela maioria dos mortos foi “Política”.
Outros assuntos, em ordem de importância, foram: “Guerra”, “Direitos Humanos”, “Corrupção”, “Crime”, “Cultura”, “Esportes” e “Negócios”.

-

Mais informação:

This graphic shows everywhere journalists have been killed since 2004 
http://www.globalpost.com/dispatch/news/war/conflict-zones/140826/chart-journalists-killed-since-2004

-

Fonte do infográfico: newsweek:

This graphic shows everywhere journalists have been killed since 2004 | GlobalPost
Approximately 619 journalists have died since 2004. Most were local reporters.

-

31/ago./2014